PB aprovada pelos turistas

A infraestrutura dos pontos turísticosda Paraíba foi classificada como ótima ou boa por 75% das pessoas que visitaram o Estado. Já o nível de satisfação em conhecer nossas cidades alcançou 95,1%. Os destinos mais lembrados foram as praias do Litoral Sul, o pôr do sol do Jacaré e a piscina dos Seixas. Foi o que revelou a pesquisa de opinião realizada com 410 turistas pelo Instituto Dataplan, entre os dias 19 e 26 de outubro deste ano, e divulgada com exclusividade para o jornal CORREIO. A internet foi o principal meio de consulta dos serviços turísticos durante a viagem (67,6%), à frente de meios tradicionais, como ir presencialmente (13,9%) e agências de turismo (6,8%). Para o professor de Mídias Sociais, Ricardo Oliveira, o trade turístico paraibano precisa estar atento, pois as mídias sociais vem influenciando cada vez mais a descoberta e a tomada de decisão sobre destinos, restaurantes e hotéis. “É importante estar ativo nas redes entregando conteúdo relevante Ellyka Gomes para essa audiência, mas, também, interagindo diretamente com a comunidade, como criadores de conteúdo especializado e influenciadores digitais”, comentou. Férias, lazer e diversão. Esses foram os principais motivos que fizeram as pessoas visitar o Estado (86,3%). O turismo de negócios, eventos e convenções foi citado por 10,2% da amostra. Além das praias do Litoral Sul, do pôr do sol do Jacaré e da piscina dos Seixas, outros destinos visitados foram: Ilha de Areia Vermelha (11,5%), Litoral Norte (9,1%) e Piscinas de Picãozinho (8,6%). A Gerente de comunicação e marketing da franqueadora Clube Turismo, Thalyta Costa, ressaltou que o litoral paraibano sempre foi a principal fonte de atração do interesse dos turistas, não só no destino Paraíba, mas no Nordeste de um modo geral. “No entanto, a busca por outras vivências, aliadas às praias, também se mantém em destaque. Por exemplo: os passeios marítimos, o intercâmbio cultural entre praias, artesanatos locais e a gastronomia praiana”, comentou. Os entrevistados também avaliaram a divulgação do turismo da Paraíba em outros estados. Para 31,5%, a publicidade é regular, enquanto que 21,1% consideraram como boa. Questionados sobre o que precisa melhorar no turismo paraibano, a maioria que optou por responder a pergunta (16,6%) citou que é essencial investir na divulgação do Estado em outras cidades. Outra parcela (7,6%) reclamou dos preços praticados no comércio local.

Melhorias no turismo

Procurada pela reportagem, a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, explicou que a entidade é responsável por produzir apenas mídia espontânea. “Este ano trouxemos diversos jornalistas e influenciadores digitais para conhecer nossas cidades. Esses profissionais produzem reportagens a partir da experiência que vivenciaram por aqui. Além disso, participamos de feiras voltadas para operadores de turismo, onde levamos informações para que os agentes possam vender pacotes de viagem para o Estado”, explicou. Segundo Avelino, a publicidade junto ao consumidor final é de responsabilidade da Secretaria de Comunicação do Estado (Secom), órgão que detém orçamento para tal finalidade. O secretário adjunto da Secom, Fábio Barros, garantiu que o Governo do Estado tem se esforçado para divulgar o Destino Paraíba em outras cidades. 52,75% 47,3% RENDA IDADE 15,6 43,4 Acima de 10 16,6 Até 2 salários 24,4 De 5 a 10 De 2 a 5 60 ou mais 18 a 34 35 a 39 18,8 29,3 52,0 SEXO Fonte: Dataplan INFOGRÁFICORREIO “Procuramos manter contato com instituições como ABIH [Associação Brasileira da Indústria de Hotéis] e Abac [Associação Brasileira de Agências de Viagens], para criar campanhas de promoção do Estado”, destacou. A reportagem perguntou ao secretário sobre o orçamento aplicado este ano com publicidade. No entanto, Barros informou que não detinha a informação no momento da entrevista e que não conseguiria enviá-la até o fechamento desta edição. Ele também não soube informar sobre a previsão orçamentária para esta finalidade em 2020.

fonte: Nalva Figueiredo / Correio